Comunicação

Notícias

Agrovia do Nordeste recebe autorização para movimentar novas cargasLista de Notícias

Com operação inicial focada no açúcar, a Agrovia de Nordeste recebeu autorização para movimentar outros granéis sólidos de origem vegetal em seu terminal, no Porto de Suape, Pernambuco. O aditivo foi assinado pelo do Ministério dos Transportes, pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) e Porto de Suape.

“Desde a estruturação do projeto, já prevíamos a diversificação de cargas. Nesse primeiro momento, estaremos concentrados na importação de milho, cevada e trigo”, adianta João Gualberto, diretor da Agrovia do Nordeste.

A expectativa é que no futuro sejam investidos R$ 79 milhões para implantação de novos silos com capacidade total de 30 mil toneladas e equipamentos destinados à movimentação de grãos e cereais.

Em 2017, o terminal recebeu cinco navios e movimentou 51.569 toneladas de açúcar. Recebeu 2.718 caminhões e armazenou 60.720 toneladas de açúcar.

O terminal permitiu reduzir o tempo de embarque do açúcar ao receber navios de maior porte, com capacidade de 35 mil toneladas para açúcar encasacado e 70 mil toneladas para outros graneis, o dobro dos navios anteriores.

Números da Agrovia do Nordeste:

Dimensões do armazém: 10.800 m²

335 metros de cais

Shiploader com capacidade para movimentar 2.300 toneladas por hora | 2.500 sacos de 50 kg por hora