Comunicação

Notícias

VLT Carioca inicia testes da Linha 3Lista de Notícias

O VLT Carioca iniciou os testes dinâmicos para a operação do último trecho previsto no sistema. A nova linha 3 ligará a Central do Brasil ao Aeroporto Santos Dumont via avenidas Marechal Floriano e Rio Branco, com intervalos de sete minutos entre trens. Serão três novas paradas e trechos compartilhados com as linhas 1 e 2, permitindo a redução de intervalos para 3,5 minutos na região da Central e na avenida Rio Branco.

Com 10 paradas/estações no percurso, a operação da linha 3 representa a consolidação do VLT Carioca. Além dos terminais Central (linha 2) e Santos Dumont (linha 1), e três novas paradas, o novo trecho compartilhará também com a linha 1 as paradas Candelária, Sete de Setembro, Carioca, Cinelândia e Antônio Carlos. 

Como em todas as fases pré-operacionais, a Concessionária conduzirá a progressão das movimentações de forma gradual. Durante esse período, a empresa intensificará os alertas de segurança à população para que esteja atenta à circulação do VLT.

Homenagem
Em homenagem à cultura africana, as três novas paradas da Linha 3 do VLT Carioca recebem nomes definidos com conjunto com representantes do movimento negro:

•    Parada Cristiano Ottoni/Pequena África: alusão à área do Centro e Região Portuária que compreende os principais espaços culturais de herança africana.

•    Parada Camerino/Rosas Negras: menção ao movimento de mulheres que lutou contra a escravidão e pelos direitos dos negros entre o fim do século XIX e o início do século XX.

•    Parada Santa Rita/Pretos Novos: referência à igreja de mesmo nome e homenagem o cemitério localizado na área que não foi aberto para pesquisa arqueológica durante as obras após solicitação de entidades do movimento negro e sociedade civil para não-intervenção em respeito aos seus ancestrais.